Regulamentado inicialmente pelo Decreto nº 8373/2014, o eSocial, termo genérico para o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, é o sistema criado pelo governo para que os empregadores possam comunicar ao mesmo, de forma unificada, as informações relacionadas a todos os seus colaboradores. Dados relacionados aos vínculos, acidentes de trabalho, contribuições previdenciárias, aviso prévio, folhas de pagamento e informações sobre FGTS serão transmitidos através do eSocial para empresas.

Quem precisa utilizar o eSocial?

Toda empresa que contratar um prestador de serviço e que tiver alguma obrigação trabalhista ou tributária deverá enviar as informações pela plataforma eSocial.

 

Mas existem algumas etapas a serem seguidas por cada empresa. A primeira delas já iniciou no dia 01 de janeiro de 2018. A partir dessa data, todas as organizações que tiveram faturamento anual superior a R$ 78 milhões em 2016 iniciaram os processos de envio de informações ao eSocial.

 

A partir de julho de 2018, as demais empresas que possuam qualquer quantidade de empregados, sejam elas optantes por qualquer categoria tributária (lucro real, simples nacional, MEIs, etc) ou até mesmo Pessoas Físicas que estabeleceram relação de vínculo trabalhista (geralmente com empregados domésticos) estão obrigadas a realizar o seu cadastro eSocial, independente do valor de faturamento.

Cadastro eSocial na prática

O eSocial para empresas, no primeiro momento, precisa exige que seja enviado o cadastro inicial de cada organização. Para dar início é necessário acessar o portal eSocial. Esse é o primeiro evento relacionado ao sistema, e nele serão fornecidas informações como alíquotas de cada empresa e dados de endereçamento.

Como enviar os arquivos solicitados na plataforma eSocial?

Em determinado período do cronograma do cadastro eSocial, mais precisamente em março/2018, será necessário transmitir os primeiros arquivos com os dados dos trabalhadores e seus vínculos com as empresas (dados dos trabalhadores, admissões, demissões, etc.). Esses serão os maiores arquivos e os mais trabalhosos por conter informações pessoais dos trabalhadores, são eles os modelos S-2200 e S-2300.

Pensando em você que possui uma empresa no ramo de prestação de serviços ou que tenha operações distribuídas em diferentes locais como por exemplo redes varejistas ou atacadistas, a MaxSystem desenvolveu o MSeSocial, um sistema de plataforma móvel e que ajudará a sua empresa com flexibilidade, agilidade e simplificação no processo de captação das informações dos colaboradores para estes arquivos.

O uso da ferramenta pode trazer uma economia de 75% dos custos para atualização dos arquivos S-2200 e S-2300 para a plataforma eSocial.

Cadastro para o eSocial

O que é o eSocial?

© 2019 MaxSystem

contato@maxsystem.com.br

Tel: 12 3028-8198