Buscar
  • MaxSystem

As vantagens e benefícios da tecnologia de reconhecimento facial para registro de ponto remoto


O ponto eletrônico em tempo real e com reconhecimento facial é uma alternativa tecnológica para fazer o controle dos funcionários. A facilidade e segurança ao identificar os trabalhadores, mesmo aqueles que estão atuando remotamente, transformaram esse sistema em um dos mais solicitados pelas empresas tomadoras quando vão contratar serviços de facilities e segurança patrimonial, sendo um diferencial para o prestador.

Esse sistema funciona a partir de algoritmos capazes de mapear até 80 pontos no rosto humano. Ele considera, por exemplo, a distância entre os olhos, o espaço entre nariz e boca e a profundidade das bochechas para fazer a identificação das pessoas. Dessa forma, o sistema impede fraudes.

A seguir vamos elencar os benefícios e vantagem que uma empresa de facilities e segurança patrimonial tem ao oferecer esse tipo de sistema aos seus clientes.


Facilidade de uso


O sistema de reconhecimento facial trabalha a partir de uma foto do funcionário, sendo que, essas imagens ficam armazenadas em nuvem e não correm o risco de serem perdidas. O 1º cadastro do colaborador pode ser remoto, sem necessidade de o mesmo vir até a sede da empresa para tal.

Esse processo é extremamente intuitivo e simples de ser realizado, dispensando funcionários altamente treinados. Depois que a imagem foi adicionada ao banco de dados, o reconhecimento fica a cargo do sistema.


Acesso simplificado


O sistema especialista em reconhecimento facial funciona em equipamentos diferentes,

como computadores, celulares ou tablets. Sendo assim, a empresa não precisa investir grandes somas de dinheiro para criar a infraestrutura necessária para a aplicação dessa tecnologia em seus clientes.

CLIQUE AQUI para conhecer nossas soluções!


Agilidade


Além da precisão na identificação dos funcionários, o sistema de reconhecimento facial é extremamente ágil. Ele consegue reconhecer uma pessoa em menos de três segundos, dessa forma, não é preciso direcionar um efetivo grande de colaboradores para acompanhar a entrada e saída de funcionários.

Na verdade, os responsáveis por acompanhar esse processo, no caso de forma remota, não precisam se preocupar com as dezenas, centenas ou milhares de funcionários que estão sendo reconhecidos pelo sistema, devendo focar suas atenções nas exceções como tentativas inválidas de registro, atrasos ou faltas.


Sistemas híbridos


Os sistemas de gestão de ponto remoto podem ainda ser híbridos e receber informações em tempo real de computadores, celulares e tablets, bem como de “equipamentos fixos” com REP’s e Terminais de Ponto 373.

Essa funcionalidade, disponível no sistema MSGPR da MaxSystem, permite que a empresa prestadora dos serviços possa adotar a melhor solução para cada exigência ou necessidades de cada um de seus tomadores.


Inteligência


O sistema especialista em reconhecimento facial consegue aprender à medida que realiza novas identificações. Sendo assim, ele pode identificar pequenas mudanças feitas pelos funcionários na sua aparência, como cortar ou tingir os cabelos e raspar a barba.

Dessa forma, empresas de facilities e segurança patrimonial não precisam se preocupar em refazer os cadastros a cada pequena mudança estética que um funcionário decida fazer. Isso vale, até mesmo, para cirurgias plásticas, uma vez que os pontos mapeados no rosto humano estão mais relacionados a estrutura óssea, do que com as características externas.

Com isso, mesmo que determinada pessoa tenha feito uma intervenção cirúrgica para alterar o formato do nariz, por exemplo, o sistema poderá se basear em informações, como o tamanho da testa, para fazer a identificação.


ACESSE NOSSO SITE e descubra como podemos ajudar sua empresa na gestão remota de presença com reconhecimento facial!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo